Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009

Na eternidade dos meus poemas

 

Na eternidade dos meus poemas
Vejo uma luz a espreitar
Eu procuro saber de onde vem
E é o teu belo olhar
..
Na iluminação da lua
Eu espero sem pressas
Que as palavras cheguem
Para escrever verdades e não promessas
..
As mãos deslizam pelo papel
E a folha se arrepia de prazer
De finalmente ter umas letrinhas
Para algo conseguir dizer
..
Uma brisa fresca sopra
Com uma melodia surreal
É a musica da vida
Que sempre é especial
..
E assim passam mais umas letras
Para aquela folha de papel
Que se deixa de arrepiar
E fica doce como mel
 
Blue Heaven
publicado por ppovoa1 às 09:33

link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Quero sussurrar

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

links

blogs SAPO

subscrever feeds