Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008

Conto de fadas

 

Esqueco-me do sofrimento passado
Nas chagas da alma uso o unguento do amor que me dás
Que sara a minha própria dor
Com letras chamo o nome de uma flor
Pelos olhos da vida te vejo como um pintor
Pinto o vento
Chamo um astro adormecido
Na tarde coloco um manto de luz
Com o Sol uma onda palpita
E digo apenas que o conto começa da forma que sempre começa
Era uma vez…
 
Blue Heaven
publicado por ppovoa1 às 12:36

link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Quero sussurrar

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

links

blogs SAPO

subscrever feeds