Sábado, 5 de Junho de 2004

O MEU POETA

Poe um poeta eu caí
Por um poeta escolhi viver
Quando o vi sorri
E o meu coração começou a bater

És candeia que me alumia
És luz do meu viver
Quem um dia diria
Que à minha porta irias bater

Chegaste e pediste licença
Com temor deixei-te entrar
Bastou então a tua presença
Para o meu solitário coração roubar

Autoria da mulher que eu amo
publicado por ppovoa1 às 00:11

link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Quero sussurrar

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

links

blogs SAPO

subscrever feeds