Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

Por um fio

Acorda-se com falta de ar
O pânico toma conta do corpo e um grito de desespero se dá
Alguém ouve, corre em auxilio e apenas a preocupação se nota no rosto
Pega-se rápido a pessoa, desce no elevador e entra no carro
Acelera-se para o hospital, leva-se a pessoa e o caso é de urgência
A manhã vai passando, a tarde, e fazem exames prolongados para não correrem riscos
É noite, mudam a pessoa para outro hospital para fazerem uma operação de urgência
Os corações de quem gosta da pessoa batem acelerados, as lágrimas escorrem e uma pessoa no meio de todas não sente nada disto, será mau? Será que não tem sentimentos?
Não é nem uma nem a outra, esta pessoa apenas pressentia que poderia vir a acontecer
Não é falta de sentimento nem é ser mau, é o seu coração estar preparado para o pior, mas o seu pensamento a desejar que o melhor aconteça
É uma forma diferente de reagir, mas a preocupação é sempre muita
Chega ao hospital a pessoa para ser operada mas é tarde, os médicos dizem que esperam pelo dia seguinte.
A operação corre bem e a pessoa está estável, todos correm para lá, nesse dia todas as visitas são permitidas, mas ver aquela pessoa entubada, sem poder falar e estar ali inerte é difícil, mas aquela pessoa que não sentia nada que os outros sentiam manteve-se forte porque adora a pessoa com quem está.
Mais uns dias passam, consegue ver a pessoa já a falar, sem tubo
Diz-se umas piadas e reage-se bem, continua a manter-se forte e não consegue chorar nem de alegria por a pessoa estar melhor, nem de medo por a pessoa poder ter morrido
A pessoa é a minha mãe que eu amo muito e teve que ser operada, a dos sentimento que parece não os ter sou eu
Amo-te mãe, melhoras rápidas
publicado por ppovoa1 às 17:22

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Azoriana a 6 de Março de 2008 às 22:25
Tantos dias vim aqui e encontrava um deserto de palavras.
Tantos dias procurei algo novo e a notícia que encontro transtornou-me muito.
Que Deus olhe pela tua querida mãe. Agora sei que está recuperada mas é duro saber que passaste por tamanha dor bem como a tua mãe.
Um grande abraço e uma lágrima teima em não me deixar dizer mais nada. Perdoa-me amigo.

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Quero sussurrar

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

links

Selo do Blog

Frases e Poemas

Código do selo



(Use Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)


Adicionem-me ao vosso mail

Fui Destaque no Azoriana Blog
Destaque na
Leitura do dia
blogs SAPO

subscrever feeds