Domingo, 4 de Julho de 2004

Minha Amada

Percorro as montanhas
repletas de altos e baixos,
De cumes e precipícios
De ventos encantados

Me esgueiro nas encostas
Vou circundando as escarpas
Nelas esculpo os meus segredos,
Entranhados nos rochedos,
Que passam a ser uma cordilheira

Mas lá do alto,
Bem perto do céu
E tão longe do alcance de minhas mãos
Contemplo extasiado a planície
Aparentemente tão natural
Tão pura na sua verdade
de uma paisagem tão sublime e protegida
A planície és tu
A minha amada
No vento impetuoso e morno,
Oiço as maravilhosas gargalhadas
As gargalhadas de uma planície que me encanta
De uma planície que sempre será bela na sua natureza pura

Tenho consciência dos limites
É o princípio da minha maturidade
Mas a maturidade por vezes tudo estraga
porque sendo maturo tudo calculo para saber se vou ou não magoar, se vou ou não estragar algo que tenho na vida

Prefiso ser imaturo
Poder sonhar sem receios
Pois nos sonhos tudo posso realizar
Mas sem medo te digo, te amo minha planície
Sou a tua montanha que sempre te vai guardar
E que durante toda a vida nunca te vai deixar

Blue Heaven

publicado por ppovoa1 às 23:32

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Roslia a 5 de Julho de 2004 às 00:50
Uma planície, por muito agreste que seja, apenas pode ver nela alguma vida florescer se for convenientemente cuidada, ainda que apenas pelos elementos mais básicos da natureza. Nesta planície humana que é o meu corpo, a vida ressurgiu graças aos cuidados que lhe prestaste, à ternura das tuas carícias, à chuva do teu amor, tantas vezes regado em mim sob a forma de lágrimas, toques ou até mesmo risos. Esta planície que sou eu procura sempre abrigar-se, refugiar-se junto de ti, no vale da tua montanha, pois sabe que aí sempre tudo correrá bem. Não haverá mais tormento, tempestade ou trovão que lhe façam mal. Não haverá mais arado ou tractor a violá-la. Nada mais que o toque da sombra da tua montanha se sentirá sob a carne das suas terras, pois essa é a verdadeira essência da vida, aquela que ela aprendeu a conhecer, respeitar e, acima de tudo amar. Esta planície, que sou eu e comigo o meu corpo, estará sempre aqui para ti, pois em mim habitam também o amor e a amizade de um truísmo que nada poderá igualar. Amo-te!
De Maria a 5 de Julho de 2004 às 00:06
A maturidade, não estraga, ela ensina a lutar pelos sonhos, a torna-los uma realidade... Ela torna-nos mais concientes da vida, do que queremos... e essencialmente a não desperdiçar as oportunidades da vida.... Maturidade, foi o que encontrei na tua escrita!! Gostei imenso, desejo que realizes todos os teus sonhos!

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Quero sussurrar

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

links

Selo do Blog

Frases e Poemas

Código do selo



(Use Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)


Adicionem-me ao vosso mail

Fui Destaque no Azoriana Blog
Destaque na
Leitura do dia
blogs SAPO

subscrever feeds