Quarta-feira, 27 de Outubro de 2004

TEMPO

passou tempo
o tempo mais diverso
aquela noite no paraíso
e outras noites de passeio
já ninguém nos desunia
como irmão e irmã
palavras docemente numa amizade
lá pronunciávamos
olhávamos o céu
que sob um enfeite de estrelas
estava bem iluminado
e tu me pedias
que te contasse da vida
o que sabia
das estrelas
dos planetas
que te falasse do sol
da lua
e eu te dizia tudo o que sabia
de toda a ciência, do céu que conhecia
dizia-te também que me comparava com o sol e a lua
tu escutavas-me e rias
ás vezes dizias-me, isso é imaginação
ou inventaste?
eu?
nunca invento
olhaste-me
e com um sorriso risonho
a minha alma entrou por um céu aberto
sonho?
continuámos
a falar agora do mar e dos seus prestígios
de tudo falávamos
da guerra das crianças
e sentimos no momento
os dois um não sei explicar diferente
um infinito
um caminhar ás cegas
á aventura
e se passaram dias meses até anos
entre eles ficaram segredos que
são só nossos
e num dia, numa tarde
como respondendo aos pensamentos
umas nuvens ao longe
flutuaram e com o vento
nos levaram de novo ao paraíso
para de mais coisas falar como manos muito unidos

Blue Heaven
publicado por ppovoa1 às 09:21

link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Maria Branco a 4 de Novembro de 2004 às 01:15
Belissimo Paulo.. Sem tempo digo-te que és uma alma linda... Imensa e que transborda amor! Beijos
De Rita a 1 de Novembro de 2004 às 13:45
Ola!!
Vim deixar um abraço desejar um Bom feriado!!
já n vo«inha aki ha algum tempo...
Espero k esteja tudo bem..e os gatinhos tmb :)
Um Abraço
De amita a 30 de Outubro de 2004 às 23:55
Digo: sempre presentes no tempo.Bjs
De amita a 30 de Outubro de 2004 às 23:54
Encantador, Paulo. Sentimentos puros, lindos, sempre pretentes no tempo. Bjos
De Estrela do mar a 29 de Outubro de 2004 às 13:30
Que bonito Paulo...e sentir esses sentimentos que tens pela tua irmã, que são intemporais...

Olha, eu agradeço-te muito a gatinha, mas eu só aumentava a família gatil cá da casa, se fosse mesmo um filho/a do meu casalinho de amigos de quatro patas...porque dois já me dão imenso trabalho. De qualquer maneira, obrigadíssimo pela atenção.
Um beijinho* e bom fim de semana.


De ridufa a 28 de Outubro de 2004 às 18:22
Já Jorge Palma dizia "O tempo não sabe nada/o tempo não tem razão/o tempo nunca existiu/o tempo é nossa invenção"... o tempo urge, foge por entre os dedos... e não perdoa ;) bjs
De Micas a 27 de Outubro de 2004 às 11:49
Obrigada por partilhares connosco sentimentos tão belos. Bjs

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Quero sussurrar

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

links

Selo do Blog

Frases e Poemas

Código do selo



(Use Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)


Adicionem-me ao vosso mail

Fui Destaque no Azoriana Blog
Destaque na
Leitura do dia
blogs SAPO

subscrever feeds