Quinta-feira, 10 de Novembro de 2005

Por entre flores de cristal

Por entre flores de cristal
Uma rosa se encontrava
Mas para as pessoas não tinha nada especial
E era sempre ignorada

Perguntava-se todos os dias
Será que sou feia
Porque estou sempre aqui isolada
Porque ninguém por mim dá nada?

E o tempo sempre foi passando
E a vida sempre andando
E passaram dias, meses, anos
E sempre sem ser notada

E um dia alguém apareceu
E viu nas flores de cristal a rosa
Pegou-a e acarinhou-a
E guardou-a no coração

E então ela sentiu-.se amada
E ficou para sempre a mais bela rosa do mundo


Blue Heaven
publicado por ppovoa1 às 17:01

link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De resmungona a 11 de Novembro de 2005 às 02:11
Apenas acrescento que o cristal não murcha, mas pode partir; e quando assim acontecer não existe nenhuma supercola que una os cacos. Faz por não seres distraído, para que tal não aconteça; basta que andes de cabeça sempre erguida para conseguires observá-la.
De Roslia a 10 de Novembro de 2005 às 21:32
Uma rosa de cristal será, porventura, mais frágil do que todas as outras... É preciso um jardineiro especial, que possua o tacto e o carinho mais apurados, para dela cuidar. Ainda bem que, quando assim o entendes, o és, pois já teria murchado há muito sem os teus cuidados. Beijos de quem muito te ama...
De Blueyes41 a 10 de Novembro de 2005 às 17:06
Belo poema! Gostei! Beijinhos

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Quero sussurrar

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

links

Selo do Blog

Frases e Poemas

Código do selo



(Use Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)


Adicionem-me ao vosso mail

Fui Destaque no Azoriana Blog
Destaque na
Leitura do dia
blogs SAPO

subscrever feeds