Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2006

Madrugada

Quando acordo vejo a madrugada
Apetece-me atirar a ela
Atiro-me com todas as minhas energias, recebo a energia do inicio de um novo dia, nela encontro mais um pedaço da minha alma a cada dia que começa.
Na madrugada acontece o silencio
As pessoas a começarem a despertar
Os pássaros a começar a cantar
Acordam os amantes sorrindo um para o outro
Acontece o som continuo de um bocejar que se dirige para o banho
É ela que ama, que rouba o descanso do sono
Acaricia a alma dos poetas e faz com que eles sintam de novo a vida, e que faz que eles façam da vida uma linda poesia

Blue Heaven
publicado por ppovoa1 às 22:57

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De resmungona a 23 de Fevereiro de 2006 às 03:40
Assim, sim! Quem dera essas madrugadas que há tanto tempo não existem, pelo menos em parte...
Adoro-te! Beijos
De Roslia a 22 de Fevereiro de 2006 às 14:43
É na madrugada dos meus dias que encontro o meu poeta e com ele escrevo os mais belos poemas de amor... onde cada verso se constrói com olhares, carinhos, abraços, carícias e as estrofes vestem-se do calor da ternura que nos envolve...
Beijos doces :*)

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Quero sussurrar

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

links

Selo do Blog

Frases e Poemas

Código do selo



(Use Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)


Adicionem-me ao vosso mail

Fui Destaque no Azoriana Blog
Destaque na
Leitura do dia
blogs SAPO

subscrever feeds