Quinta-feira, 7 de Janeiro de 2010

Na margem de um rio

 

Na margem de um rio choro
Lágrimas de uma saudade sentida
Uma cheia fica criada
Com a água derramada da minha vida
..
A minha vista procura um carinho
Olhando o horizonte sem fim
Uma mão sinto a tocar-me nos ombros
É o carinho que chega a mim
..
Sinto o vento a soprar
E folhas nas árvores pendentes
Fazem vir a inspiração
Para escrever poemas videntes
..
Traço nas palavras sentimentos quentes
Com o mais leve traço fino
Os sentimentos ficam bem presentes
E a tinta descreve o destino
..
Surpreendo-me a cada poema que escrevo
Pensava que a poesia já não fluía
Olho para o céu e as nuvens andam perdidas
Parecem juntar-se numa correria
..
E assim um poema foi escrito
Com as asas do tempo
E tudo foi assim criado
Num simples e belo momento
 
Blue Heaven
publicado por ppovoa1 às 10:03

link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Quero sussurrar

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

links

Selo do Blog

Frases e Poemas

Código do selo



(Use Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)


Adicionem-me ao vosso mail

Fui Destaque no Azoriana Blog
Destaque na
Leitura do dia
blogs SAPO

subscrever feeds