Segunda-feira, 13 de Março de 2006

com a luz da lampada sombria

Com a luz da lâmpada sombria
Numa noite de lua pálida
Sobre o leito de flores reclinada
Ela nas nuvens do oceano dormia

Era linda como o mar
Pela maré das águas embalada
Um anjo das rosas da madruga
Que se banhava a cantar

Era muito bela
Os seios palpitando
As pálpebras se abrindo mostrando os olhos negros
E as suas formas nuas resvalando nas ondas

É um sonho na vida
É a vida do encanto
É uma mulher ou uma sereia
É o ser que eu amo

Blue Heaven
publicado por ppovoa1 às 12:28

link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Roslia a 18 de Março de 2006 às 14:52
Às vezes, é na luz mais sombria ou pálida até que a maior beleza se revela, especialmente quando a mesma se reveste de amor e harmonia, beleza e tranquilidade. Amo-te muito meu amor, meu companheiro, meu poeta...
De Ofeliazinha a 17 de Março de 2006 às 13:10
Bom fim de semana.
De helder a 15 de Março de 2006 às 18:08
oi=)
o flog ta mt giruh!!
gostei muito!!!
fika bem=)
bye**

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Quero sussurrar

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

links

Selo do Blog

Frases e Poemas

Código do selo



(Use Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)


Adicionem-me ao vosso mail

Fui Destaque no Azoriana Blog
Destaque na
Leitura do dia
blogs SAPO

subscrever feeds